Carlos Marques

Confundido muitas vezes com o homónimo alemão. É ator, músico e criador de espetáculos.
Formou-se em Estudos Teatrais na Universidade de Évora e no Institut del Teatre, em Barcelona em 2002. Trabalha regularmente como contador de histórias desde 2005, intervindo em diversas bibliotecas, escolas e em encontros de narração oral de norte a sul e fora do país. É programador e narrador anfitrião do Festival da Palavra | Festa dos Contos desde 2009 (Montemor-o-Novo). Colaborou com inúmeras companhias de teatro, realizou concertos, formações e outras coisas criativas. Colaborou com os centros de língua portuguesa do Instituto Camões. Foi criador dos espetáculos Levantei-me do Chão (Algures 2015) Como Assim Levantados do Chão (2014 Algures), Abril em Portugal (2014, TERB), Constantin Gavrilovitch Acaba de se Matar (2013), Baquet (2012), Tio Lobo (2011, TEP) Welcome (2011), Às vezes quase me acontecem coisas boas quando me ponho a falar sozinho (2010), e Narrativa fidedigna (2010, TEUC). É codiretor artístico da Algures, colectivo de criação desde 2013 a par de Susana Cecílio.

 

Vai Andarilhar por Beja em:

24 de agosto sexta-feira
21h30 FESTIVAL DE NARRAÇÃO
Tâmara Bezerra | Carlos Marques
Auditório do Jardim Público

25 de agosto sábado
18h30 Barrigas Cheias de histórias
Carlos Marques | Público: pais e filhos
Jardim Público: Canteiro 1

26 de agosto domingo
17h30 Barrigas Cheias de histórias

Carlos Marques | Público: pais e filhos
Jardim Público: Canteiro 1